Notícia - 13/12/14 (08:58:55) Jundiaí é a segunda melhor cidade no Estado para se morar
Campinas vem em primeiro lugar com mais de 86% dos votos, Jundiaí com 74%,

Com a loucura que a capital de São Paulo vive hoje, muitos executivos e pessoas que buscam oportunidades de melhora na qualidade de vida tem optado por mudanças para o interior do Estado.

Em pesquisa realizada através do Linkedin pela empresa heads, 71% dos participantes já aceitaram mudanças de empregos que acarretavam também em mudanças de cidade, sendo 32% da capital para o interior do Estado. A maioria dos respondentes tem de 25 a 45 anos, reside na capital e considera o interior atrativo para viver, trabalhar e estudar. Do total que já realizou mudanças, quase 100% tem mais de 25 anos.

Mesmo que alguns ainda tenham a impressão de que os salários pagos por empresas do interior sejam inferiores, contamos ainda com 44% que acreditam que os salários são iguais ou superiores aos oferecidos nas capitas e a maioria acredita que encontrariam mais qualidade de vida com a mudança e já elegeram seus lugares preferidos: Campinas vem em primeiro lugar com mais de 86% dos votos, Jundiaí com 74%, que ainda está mais próxima de São Paulo capital, seguido por Sorocaba 70% e Ribeirão Preto com 64%.

A pesquisa mostrou também uma possível tendência, pois 91,7% consideram a região muito atrativa, o que já pode ser um olhar para a aposentadoria, e também que, dentro desse grupo, a grande maioria considera o interior mais seguro do que outras regiões. Para finalizar, 43% dos profissionais ouvidos na pesquisa moram em São Paulo Capital e possuem entre 10 e 30 anos de experiência. ”O objetivo da pesquisa era identificar se os profissionais que buscamos teriam disponibilidade para realizar mudanças para o interior e quais motivos os atrairia. Como o primeiro ponto analisado teve um retorno positivo pretendemos a partir dela, auxiliar as empresas a tomarem as melhores decisões, pois se a ideia de qualidade de vida e aposentadoria se confirmar, as empresas não precisam olhar para a Capital do Estado como única ou melhor opção para manter suas matrizes”, explica Camila Donati, diretora da heads.

Sobre a heads

Criada em 2013, a heads é fruto da parceria entre Fernando Paiva e Camila Donati, headhunters com carreira desenvolvida em grandes multinacionais e que buscam oferecer um alto padrão de serviço aos seus parceiros. Posicionada como uma boutique de Executive Search, a heads tem como foco atender as áreas de Finanças e de Recursos Humanos nos níveis de média, alta gerência e diretoria. Saiba mais em www.headsrh.com.br

*pesquisa realizada com mais de 1.000 profissionais através da rede social Linkedin.

Fonte: JR


Imprimir Versão para impressão         Enviar Enviar a alguém         Comentar Comentar
     Mais Notícias   
    19/10 19:19 - Posto avançado no Parque da Uva vai até quarta-feira (25)
    19/10 19:11 - Cachorro mata gato que levava celulares para presídio da PB
    19/10 19:09 - País abre 34,3 mil vagas formais de trabalho
    19/10 17:59 - Impulsionada pelo Refis, arrecadação sobe 8,6% em setembro
    19/10 10:35 - Ladrões uniformizados roubam mulher na Vila Progresso
    19/10 10:34 - Polícia procura ladrões de loja em Itupeva
    19/10 10:32 - Acidente deixa dois feridos no Centro de Jundiaí
    19/10 10:31 - Bandidos deixam Cajamar sem celular
    19/10 10:30 - Carro é prensado por ônibus na Avenida Jundiaí
    19/10 10:29 - Incêndios em matas continuam na região de Jundiaí
    19/10 10:25 - Kombi pega fogo e chamas atingem a Serra do Japi em Jundiaí
    19/10 10:23 - Mulher tenta sacar R$ 9 mil com documentos falsos em Jarinu
    19/10 10:12 - Pagamento do PIS/Pasep tem início nesta quinta
    19/10 10:11 - Bombeiros fazem resgate de cães durante incêndio
    19/10 10:09 - Deputado é a favor de aumento nos planos de saúde