Notícia - 13/12/14 (08:58:55) Jundiaí é a segunda melhor cidade no Estado para se morar
Campinas vem em primeiro lugar com mais de 86% dos votos, Jundiaí com 74%,

Com a loucura que a capital de São Paulo vive hoje, muitos executivos e pessoas que buscam oportunidades de melhora na qualidade de vida tem optado por mudanças para o interior do Estado.

Em pesquisa realizada através do Linkedin pela empresa heads, 71% dos participantes já aceitaram mudanças de empregos que acarretavam também em mudanças de cidade, sendo 32% da capital para o interior do Estado. A maioria dos respondentes tem de 25 a 45 anos, reside na capital e considera o interior atrativo para viver, trabalhar e estudar. Do total que já realizou mudanças, quase 100% tem mais de 25 anos.

Mesmo que alguns ainda tenham a impressão de que os salários pagos por empresas do interior sejam inferiores, contamos ainda com 44% que acreditam que os salários são iguais ou superiores aos oferecidos nas capitas e a maioria acredita que encontrariam mais qualidade de vida com a mudança e já elegeram seus lugares preferidos: Campinas vem em primeiro lugar com mais de 86% dos votos, Jundiaí com 74%, que ainda está mais próxima de São Paulo capital, seguido por Sorocaba 70% e Ribeirão Preto com 64%.

A pesquisa mostrou também uma possível tendência, pois 91,7% consideram a região muito atrativa, o que já pode ser um olhar para a aposentadoria, e também que, dentro desse grupo, a grande maioria considera o interior mais seguro do que outras regiões. Para finalizar, 43% dos profissionais ouvidos na pesquisa moram em São Paulo Capital e possuem entre 10 e 30 anos de experiência. ”O objetivo da pesquisa era identificar se os profissionais que buscamos teriam disponibilidade para realizar mudanças para o interior e quais motivos os atrairia. Como o primeiro ponto analisado teve um retorno positivo pretendemos a partir dela, auxiliar as empresas a tomarem as melhores decisões, pois se a ideia de qualidade de vida e aposentadoria se confirmar, as empresas não precisam olhar para a Capital do Estado como única ou melhor opção para manter suas matrizes”, explica Camila Donati, diretora da heads.

Sobre a heads

Criada em 2013, a heads é fruto da parceria entre Fernando Paiva e Camila Donati, headhunters com carreira desenvolvida em grandes multinacionais e que buscam oferecer um alto padrão de serviço aos seus parceiros. Posicionada como uma boutique de Executive Search, a heads tem como foco atender as áreas de Finanças e de Recursos Humanos nos níveis de média, alta gerência e diretoria. Saiba mais em www.headsrh.com.br

*pesquisa realizada com mais de 1.000 profissionais através da rede social Linkedin.

Fonte: JR


Imprimir Versão para impressão         Enviar Enviar a alguém         Comentar Comentar
     Mais Notícias   
    11/12 21:52 - Comerciantes prometem PRESSÃO contra aumento de 25% no IPTU
    11/12 21:49 - Linha Eloy Chaves terá alterações a partir de sábado
    11/12 21:34 - Jardim das Tulipas terá ‘casa a casa’ na zona rural
    11/12 19:20 - Indenizações por morte no trânsito crescem 24%
    11/12 19:17 -  Rocha Loures vira réu por corrupção no caso da mala
    11/12 19:12 - Centro de Tecnologia de Jundiaí abre inscrições para curso
    11/12 10:14 - Filho mata pai após ver assassinato da mãe
    11/12 10:13 - Jundiaí ganhará novos guardas municipais nos próximos dias
    11/12 10:11 - Ipem promove verificação de taxímetro em Jundiaí
    11/12 10:10 - Inflação desacelera no País
    11/12 10:05 - Projeto que reajusta IPTU será votado nesta terça
    11/12 10:02 - Reforma da Previdência começará a ser debatida na quinta
    11/12 05:57 - Quatro morrem em acidentes de trânsito
    10/12 23:54 - Gilberto Kassab participa de encontro com radiodifusores
    10/12 23:16 - Motorista causa a morte de sargento da PM de Cajamar