Notícia - 16/02/15 (17:56:04) Escola Unidos da Zona Leste é a campeã de Jundiaí
União da Vila Rio Branco conquistou o 1º lugar no grupo de acesso de Jundiaí

A escola de samba Unidos da Zona Leste foi escolhida como a grande campeã do carnaval 2015 de Jundiaí (SP). Com o enredo Do pecado original aos amores verdadeiros, a agremiação agitou a avenida na noite de sábado (14). A apuração foi realizada na tarde desta segunda-feira (16), no auditório Elis Regina, no Complexo Argos.

De acordo com o presidente da agremiação, José Maciel, a palavra que define a escola Unidos da Zona Leste é garra. Maciel passou por várias complicações de saúde, mas mesmo assim se dedicou ao carnaval de 2015, ano que o presidente já havia garantido que a Unidos da Zona Leste levaria o título.

O empenho para que tudo desse certo foi grande. A garagem da casa da família Maciel se transformou em um ateliê. Ao todo, 350 fantasias foram confeccionadas no local. Neste ano, a Unidos da Zona Leste completa 25 anos, chegou a ficar um tempo sem desfilar, mas retornou com força total para a alegria dos moradores de Jundiaí.

Já a escola de samba campeã do grupo de acesso foi a União da Vila Rio Branco, que levou à avenida o tema Dando asas para além da imaginação. A agremiação, que conquistou agora o seu sétimo título, se apresentou na noite de domingo (15).

Relembre como foi o carnaval de Jundiaí
Mais de 20 mil pessoas assistiram ao desfile das escolas de samba do Grupo Especial em Jundiaí, de acordo com a Guarda Municipal e a Polícia Militar. O primeiro dia de desfiles foi aberto pela Corte do Carnaval no sábado (14), na avenida Prefeito Luiz Latorre.

A primeira escola de samba a desfilar foi a campeã do ano passado Arco-íris, seguida pela Leões da Hortolândia, Unidos da Zona Leste e Mocidade da Agapeama. Já no domingo (15), passaram pela avenida as escolas do Grupo de Acesso União do Povo, Cai-Cai, Marujos da Zona Sul, União da Vila e Caprichosos de Jundiaí.

Este ano, a avenida Prefeito Luiz Latorre ganhou arquibancadas cobertas dos dois lados e a capacidade aumentou de 5 mil para 7 mil lugares em relação a 2014. Ao longo da avenida foram instalados 80 banheiros químicos, sendo dez com acessibilidade aos portadores de necessidades especiais. Também foi montada uma praça de alimentação com lanches, doces, sucos e refrigerantes. Pelo menos 150 policiais militares e guardas municipais fizeram a segurança da população.

Fonte: G1


Imprimir Versão para impressão         Enviar Enviar a alguém         Comentar Comentar
     Mais Notícias   
    17/10 07:59 - MP pede afastamento do ministro da Saúde, Ricardo Barros
    17/10 07:57 - Prefeitura de Cabreúva abre inscrição para concurso público
    17/10 07:57 - Peama fica em quarto no Paulista de Goalball
    17/10 07:54 - Atletismo de Jundiaí participa de etapa no Ibirapuera
    17/10 07:53 - Fifa divulga ranking atualizado de seleções
    17/10 07:53 - Mais de 11 mil pessoas já foram vacinadas em Várzea Paulista
    17/10 07:50 - Santos decepciona e não consegue se aproximar do líder
    17/10 07:46 - Polícia descobre fábrica de armas em casa na grande SP
    17/10 07:44 - Motorista de ônibus é flagrado fazendo selfie em movimento
    17/10 07:42 - Santander é campeão em reclamações
    17/10 07:41 - Mochila suspeita mobiliza a Guarda no Paço Municipal
    17/10 07:41 - Carro bate contra muro na Vila Rami
    17/10 07:40 - Rapaz morre afogado após cair de jet-sky em Atibaia
    17/10 07:39 - Associação de Supermercados decide não processar governo
    17/10 07:38 - Senador pede ao Supremo que impeça votação secreta