Notícia - 21/08/15 (22:26:12) Jundiaí sedia encontro pela defesa da Serra do Japi
A área concentra uma das maiores reservas de biodiversidade de animais e vegetais de mata atlântica

A base ecológica da Reserva Biológica Municipal (Rebio Serra do Japi) abrigou, na sexta-feira (21), a segunda reunião de órgãos de defesa da área natural protegida, com representantes dos municípios de Jundiaí, Cabreúva e Cajamar. Com foco no combate a incêndios, o avanço da cooperação trabalha na harmonização de leis, maior eficácia operacional e banco de dados regional.

Estiveram presentes representantes da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, da Divisão Florestal (da Guarda Municipal) e da Defesa Civil, por Jundiaí. E mais a Defesa Civil, por Cabreúva, a Defesa Civil e a Guarda Municipal, por Cajamar, e ainda representantes da CCR Autoban e da Polícia Rodoviária, entre outros órgãos convidados.

As preocupações estão voltadas para a área ampla da Serra do Japi, que de 354 km² teve o tombamento estadual de 200 km² em 1983, depois de grandes mobilizações populares, e abrange os municípios de Jundiaí (com 47% do total, incluindo a reserva municipal com 20 km²), Cabreúva (com outros 41% do total), Cajamar e Pirapora do Bom Jesus. A área concentra uma das maiores reservas de biodiversidade de animais e vegetais de mata atlântica em todo o Estado de São Paulo.

“Temos a cooperação em momentos extremos, mas é preciso aprimorar mesmo, porque há limites dados pela legislação”, observou o subcomandante GM de Jundiaí, Paulo Vicente Soares. O mesmo foco foi destacado pelo coordenador da Defesa Civil, Eduardo Luiz Carbonari, e pelo diretor de meio ambiente, Flávio Gramolelli Júnior.

Entre os temas está a integração de tecnologias de localização de focos por sobrevoos ou monitoramento, por exemplo, para que equipes possam determinar os acessos e meios possíveis e coordenar suportes. As formas de envolvimento da comunidade também estão sendo estudadas, assim como a campanha permanente contra balões ao longo do ano inteiro.

O intercâmbio entre experiências dos municípios, como no caso da operação corta-fogo em andamento em Cabreúva, também é outro alvo do futuro comitê que começa a ser estruturado. O próximo encontro será no dia 11 de setembro, na sede da Defesa Civil de Jundiaí (Ponte São João).

Fonte: PMJ


Imprimir Versão para impressão         Enviar Enviar a alguém         Comentar Comentar
     Mais Notícias   
    15/12 23:27 - Garotinho anuncia greve de fome por suposta perseguição
    15/12 22:49 - TJ-SP investiga contratação de comissionados na Prefeitura
    15/12 19:17 - Agita Jundiaí encerra atividades do ano neste domingo
    15/12 19:15 - Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões neste sábado
    15/12 19:14 - Linhas que atendem faculdades são suspensas nas férias
    15/12 19:09 - Comitê da Fifa suspende Marco Polo Del Nero por 90 dias
    15/12 19:07 - Toffoli envia acordo sobre planos econômicos para a PGR
    15/12 18:59 - Diretor da PF entrega relatório sobre ministros ao STF
    15/12 12:15 - Prefeito de Jundiaí faz balanço das atividades em 2017
    15/12 12:13 - Prefeito de Várzea Paulista faz balanço das atividades
    15/12 12:11 - Prefeito de Louveira faz balanço das atividades em 2017
    15/12 10:08 - PCC quer aumentar número de filiados
    15/12 10:06 - Mutirão da biometria termina neste sábado
    15/12 10:04 - Linha de ônibus do Eloy Chaves sofre ateração
    15/12 10:03 - Receita Federal paga último lote de restituições