Notícia - 23/04/16 (22:22:47) Audax bate Timão nos pênaltis e vai à final
Times empataram em 2 a 2 no tempo normal; equipe de Osasco espera o vencedor de Santos e Palmeiras

Após empate em 2 a 2 no tempo normal, Corinthians e Audax decidiram a vaga para a final do Paulistão nos pênaltis. Contando com a estrela do goleiro Sidão, que defendeu uma penalidade - a outra Fagner mandou na trave -, a equipe de Osasco venceu por 4 a 1 e frustrou mais de 40 torcedores corintianos presentes no Itaquerão.

O Timão começou o jogo na pressão. Por orientação do técnico Tite, a equipe avançou sua marcação e por pouco não balançou as redes nos primeiros 20 minutos, contando com as trapalhadas do goleiro Sidão.

O problema é que o Audax acordou no meio do primeiro tempo. Aos 25, o atacante Bruno Paulo acertou um lindo chute de fora da área, sem chance de defesa para o goleiro Cássio.

O time de Osasco cresceu no confronto após o gol e passou a tocar bem a bola, envolvendo o Corinthians. No último lance da primeira etapa, André receceu passe redondo e, na frente do goleiro, chutou com violência para fora.

2ª etapa/Tite resolveu mexer no intervalo, trocou Guilherme por Romero e conseguiu deixar o time mais veloz.

Em uma saída errada da equipe de Osasco, André ficou com a sobra e exigiu linda defesa de Sidão. Pouco depois e mais uma saída errada do time visitate. Desta vez, Bruno Henrique cruzou com perfeição para André, livre de marcação, cabecear para o fundo do gol: 1 a 1, aos seis minutos.

Depois do Timão balançar as redes, o confronto ficou equilibrado novamente, com boa movimentação dos times e chances para ficar na frente do placar.

Mas quem realmente fez o segundo gol foi o Audax. Após mais uma linda troca de passes, o lateral Tchê Tchê bateu de canhota e acertou o ângulo de Cássio, aos 25 minutos.

O Timão cresceu após sofrer o gol e pressionou. Depois de uma bela jogada individual de Romero, André empatou o jogo aos 33 e incendiou a Fiel Torcida.

Pouco depois, Elias arriscou de fora da área e exigiu grande defesa de Sidão. Camacho, do Audax, ainda perdeu gol incrível após ficar de frente com Cássio.

Apesar de grande intensidade de ambos os lados, o 2 a 2 permaneceu até o fim do tempo normal e o finalista foi decidido nos pênaltis.

Velicka, Tchê Tchê, Ytalo, Camacho converteram para o Audax, mas Fagner e Rodriguinho desperdiçaram as penalidades e com isso o time do técnico Fernando Diniz fez história no Campeonato Paulista e chegou a decisão pela primeira vez. O título pode ser a cereja do bolo.

Fonte: Diário de São Paulo


Imprimir Versão para impressão         Enviar Enviar a alguém         Comentar Comentar
     Mais Notícias   
    11/12 21:52 - Comerciantes prometem PRESSÃO contra aumento de 25% no IPTU
    11/12 21:49 - Linha Eloy Chaves terá alterações a partir de sábado
    11/12 21:34 - Jardim das Tulipas terá ‘casa a casa’ na zona rural
    11/12 19:20 - Indenizações por morte no trânsito crescem 24%
    11/12 19:17 -  Rocha Loures vira réu por corrupção no caso da mala
    11/12 19:12 - Centro de Tecnologia de Jundiaí abre inscrições para curso
    11/12 10:14 - Filho mata pai após ver assassinato da mãe
    11/12 10:13 - Jundiaí ganhará novos guardas municipais nos próximos dias
    11/12 10:11 - Ipem promove verificação de taxímetro em Jundiaí
    11/12 10:10 - Inflação desacelera no País
    11/12 10:05 - Projeto que reajusta IPTU será votado nesta terça
    11/12 10:02 - Reforma da Previdência começará a ser debatida na quinta
    11/12 05:57 - Quatro morrem em acidentes de trânsito
    10/12 23:54 - Gilberto Kassab participa de encontro com radiodifusores
    10/12 23:16 - Motorista causa a morte de sargento da PM de Cajamar