Notícia - 20/04/17 (22:28:39) Com dois dormitórios distribuídos em 54 metros quadrados
Prefeitura de Jundiaí fará no dia 29, a entrega das últimas 21 unidades habitacionais na Vila Ana

A Prefeitura de Jundiaí fará no dia 29, a entrega das últimas 21 unidades habitacionais do processo de urbanização da Vila Ana. O projeto foi viabilizado graças a um convênio firmado entre o Ministério das Cidades/Caixa e a Prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Ação Social (Fumas). A entrega do empreendimento foi dividida em três etapas, tendo sido entregue os primeiros 36 apartamentos em 2011. A segunda etapa, com a entrega de 87 unidades, ocorreu em 2015 e, agora, os últimos 21 apartamentos, que representam o início de uma nova vida para todas essas famílias. Com dois dormitórios distribuídos em 54 metros quadrados de área útil, os apartamentos possuem piso cerâmico em todos os cômodos e uma vaga na garagem.

Fonte: PMJ


Imprimir Versão para impressão         Enviar Enviar a alguém         Comentar Comentar
     Mais Notícias   
    14/12 19:16 - São Camilo ganha primeira praça pública com Wi-Fi gratis
    14/12 19:11 - Empresa de paletes de madeira pega fogo em Jundiaí
    14/12 19:07 - Após cirurgia, Temer adia viagem ao Sudeste Asiático
    14/12 19:04 -  Bolsonaro afirma que dará “carta branca para PM matar
    14/12 18:47 - Banco Central estuda redução de juros no cartão de débito
    14/12 18:44 - Colisão entre trem e ônibus escolar deixa mortos e feridos
    14/12 18:39 - Ex-Jogador Ronaldinho será candidato ao Senado pelo PEN
    14/12 18:34 - Orçamento de 2018 é aprovado com previsão de R$3,57 trilhões
    14/12 18:20 - Votação da reforma da Previdência será em 18 de fevereiro
    14/12 18:15 - Drone vira caso de polícia em Jundiaí
    14/12 10:51 - Esporte e Lazer comemora 362 anos de Jundiaí
    14/12 10:46 - Funcionários de hospitais pedem socorro no Rio de Janeiro
    14/12 10:44 - Equipe de Jundiaí disputa Pró Atletismo
    14/12 10:40 - Sérgio Reis canta no Parque da Cidade no domingo
    14/12 10:39 - Rede estadual paulista está atrás de cinco estados