Esporte - 11/11/17 (21:33:31) Corinthians derrota o Avaí e pode ser campeão na 4ª feira
Caso conquiste o título, o Corinthians se tornará o maior vencedor da competição desde 2003

O Corinthians poderá conquistar o heptacampeonato brasileiro já na próxima quarta-feira (15). Mesmo com dificuldades para superar a bem postada defesa do Avaí, a equipe alvinegra conseguiu vencer o rival por 1 a 0, neste sábado (11), no Itaquerão, pela 34ª rodada da competição.

Com a vitória, a terceira consecutiva, algo que não acontecia desde junho, o time dirigido por Fábio Carille chegou a 68 pontos e abriu 11 de vantagem sobre o Grêmio, vice-líder, que tem uma partida a menos —enfrenta o Vitória, no domingo, em Caxias do Sul.

Assim, o clube alvinegro pode sagrar-se campeão se vencer o Fluminense na quarta-feira, no Itaquerão, e o Grêmio tropeçar em uma de suas duas próximas partidas. Além da equipe baiana, os gaúchos enfrentam o São Paulo também na quarta-feira, na Arena do Grêmio.

Caso conquiste o título, o Corinthians se tornará o maior vencedor da competição desde 2003, quando começou a era dos pontos corridos. Neste período, o time foi campeão em 2005, 2011, 2015 e agora 2017.

Cruzeiro e São Paulo possuem três títulos.

Desde 2006, quando o torneio passou a ser disputado por 20 clubes, jamais um time perdeu o título ao terminar a 34ª rodada com no mínimo oito pontos de vantagem, o que pode acontecer se o Grêmio vencer o Vitória.

Aliás, apenas em 2009 um clube que liderava a competição até o complemento desta rodada ficou sem a taça. Na oportunidade, o Flamengo ultrapassou o São Paulo na reta final e faturou o caneco.

No duelo contra o Avaí, o Corinthians voltou a encontrar dificuldades para propor o jogo, assim como aconteceu nos confrontos contra Atlético-GO e Vitória, que também ocupavam a parte debaixo da tabela —derrotas por 1 a 0, no Itaquerão.

A equipe teve mais posse de bola, rondou a área adversária, mas exigiu pouco do goleiro Douglas, que pertence ao próprio clube alvinegro, com quem tem contrato até o final de 2019 —está emprestado aos catarinenses e deve retornar em janeiro. Ele fez duas boas defesas em chutes de Romero e Camacho.

O Corinthians sentiu também a falta da movimentação e da presença de área de Jô, suspenso pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por acertar um chute em Rodrigo, da Ponte Preta.

Kazim, o substituto, brigou muito, mas mostrou pouca qualidade.

Além do atacante turco, a outra novidade no duelo deste sábado foi o goleiro Caíque França, terceiro reserva, que foi acionado para substituir Walter, machucado, e Cássio, que está com a seleção brasileira.

Ele, porém, foi pouco exigido em razão da postura tática do Avaí.

Na etapa complementar, Carille tirou o volante Camacho e colocou o meia-atacante Jadson. Assim, Rodriguinho recuou e passou a atuar mais próximo de Gabriel para ajudar a transição ofensiva.

E, logo aos 4 minutos, o time abriu o placar. Guilherme Arana cruzou da esquerda para Kazim desviar de peito e superar o goleiro Douglas. Ele não marcava a 266 dias. A última vez foi na vitória corintiana sobre o Audax, pelo Campeonato Paulista.

Com a vantagem construída, o Corinthians recuou e não conseguiu manter a posse de bola e, consequentemente, o domínio da partida. Já o Avaí se lançou para o ataque e arriscou chutes de fora da área e cruzamentos para a área.

Carille observou o maior ímpeto do rival e reforçou a marcação com a entrada de Maycon no lugar de Rodriguinho. Logo depois, colocou Marquinhos Gabriel na vaga de Clayson.

Nos últimos minutos, a equipe alvinegra preferiu segurar o resultado para ficar ainda mais próxima do título.

Fonte: Folhapress


Imprimir Versão para impressão         Enviar Enviar a alguém         Comentar Comentar
     Mais Notícias   
    17/01 22:30 - Mega-Sena acumula e pode pagar 15 mi no sábado(20)
    17/01 19:42 - Defesa faz recursos ao STJ para garantir posse de Cristiane
    17/01 19:37 - Relator da Máfia d/Merenda dá 15 dias para Capez se defender
    17/01 19:04 - Educação inicia entrega de kits escolares
    17/01 19:01 - Febraban avalia melhorar cheque especiaL
    17/01 18:47 - Governo libera R$ 406 mi para escolas em tempo integral
    17/01 18:44 - Mairiporã confirma mais uma morte por febre amarela
    17/01 18:41 - Juiz nega prisão domiciliar a Paulo Maluf
    17/01 09:40 - Abastecimento de água está regularizado em Jundiaí
    17/01 09:37 - Comércio terá prejuízo de R$ 255 milhões devido a feriados
    17/01 09:35 - Escolas estaduais de Jundiaí recebem mais de R$ 600 mil
    17/01 09:33 - Boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco
    17/01 09:31 - Ato suprapartidário defenderá Lula em Várzea Paulista
    17/01 09:27 - Suspensa temporariamente aumento da tarifa em Campo Limpo
    17/01 09:23 - Deputado é investigado por desvio no fornecimento de merenda