Esporte - 23/06/18 (17:01:04) Alemanha vence a Suécia e segue viva na Copa do Mundo
A Alemanha precisou de um gol que só os craques podem fazer para se manter viva na Copa do Mundo

Depois de sair perdendo e, após ficar com um jogador a menos em campo, a atual campeã mundial viu o meio-campista Toni Kroos marcar um golaço, aos 50 minutos do segundo tempo, e consolidou uma vitória por 2 a 1 sobre a Suécia, em Sochi, neste sábado.

O resultado deixa a equipe com os mesmos três pontos dos suecos, empatados em saldo de gols e gols marcados. O México, com seis pontos, precisa apenas de um empate para assegurar sua passagem no Grupo F, enquanto os coreanos, zerados, seguem com uma mínima chance de avançar.

Na próxima rodada, os alemães fecham sua participação contra a Coreia do Sul, em duelo marcado para a quarta-feira, às 11h (de Brasília), na Arena de Kazan. Nos mesmos dia e horário, mas na cidade de Ekaterimburgo, os suecos encaram o líder México.

Suécia controla o jogo e sai na frente

O começo da partida parecia mostrar uma Alemanha determinada a ganhar, com uma pressão inicial que quase resultou na abertura do placar. Aos dois minutos de bola rolando, Werner invadiu a área pela direita, chutou e Olsen espalmou. No rebote, a bola sobrou para Draxler, que bateu de primeira e viu o goleiro, com os pés salvar a Suécia. Pouco depois, Werner cruzou para Reus já na pequena área, mas a zaga afastou.

Bastou um vacilo dos germânicos, no entanto, para que os suecos mostrassem sua capacidade. Rudiger foi desarmado no meio-campo e, com o campo inteiro para correr, Berg foi lançado em profundidade. O centroavante invadiu a área e, cara a cara com Neuer, acabou calçado e empurrado por Boateng. O atleta até chutou, mas houve pênalti claro não marcado pela arbitragem.

A Alemanha foi atrapalhada na sequência quando Rudy deu um carrinho e, quando Larsson tentou pular, foi acertado pelo tornozelo do sueco no nariz. O jogador ficou fora do jogo por seis minutos, com o nariz claramente quebrado, deixando o time com um a menos por todo esse tempo. Gundogan entrou na sua vaga, mas a pressão alemã já havia cessado.

O cenário ficou ainda pior quando Toivonen, aos 32 minutos, matou a bola no peito dentro da área e tocou por cima de Neuer, abrindo o placar. Os alemães quase empataram em chute de Gundogan desviado em Ekdal, mas Olsen fez boa defesa. No rebote, Lustig travou tentativa de Muller e mandou para escanteio. O último lance de perigo foi sueco, com Berg cabeceando no canto e Neuer fazendo grande defesa.

Kroos faz uma pintura no fim

Joachim Low, incomodado com a pouca produtividade da equipe na etapa inicial, resolveu voltar para o segundo tempo com Mario Gomez, um centroavante, na vaga do ponta esquerda Draxler. Timo Werner foi deslocado para a esquerda e, logo em seu primeiro lance, construiu um gol. Após cruzamento do 9, a bola passou por Gomez e Reus, de joelho, mandou no canto esquerdo, no contrapé de Olsen.

O gol deu mais moral aos alemães, que impuseram dez minutos de muita pressão sobre o adversário. Em lance pouco depois do tento, Kroos recebeu na entrada da área, cortou para o pé direito e chutou forte. A bola desviou na zaga e passou rente à trave de Olsen.

Os suecos aceitaram a pressão e jogaram o tempo inteiro com seus 11 jogadores no campo de defesa, mas conseguiram segurar bem as tentativas do adversário. O ritmo germânico sofreu um baque aos 35 minutos. Boateng tentou desarmar Berg com um carrinho e, já amarelado, recebeu a segunda advertência, acabando expulso de campo.

Mesmo com um a menos, no entanto, a Alemanha não desistiu. Gomez cabeceou e parou em Olsen. Pouco depois, Brandt carimbou a trave esquerda do goleiro. No último suspiro, porém, veio a salvação. Durmaz fez uma falta infantil na lateral da área e Kroos chamou a responsabilidade. Tocou curto para Reus, que pisou e viu o camisa 8 acertar o ângulo, consolidando uma linda virada dos alemães.

FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 2 X 1 SUÉCIA

Local: Estádio Olímpico de Fisht, em Sochi (Rússia)
Data: 23 de junho de 2018 (Sábado)
Horário: 15h (de Brasília)
Árbitro: Szymon Marciniak (Polônia)
Assistentes: Pawel Sokolnicki (Polônia) e Tomasz Listkiewicz (Polônia)
Cartões amarelos: Boateng (Alemanha); Ekdal e Larsson (Suécia)
Cartão vermelho: Boateng (Alemanha)
Gols:
ALEMANHA: Reus, aos três, e Kroos, aos 50 minutos do segundo tempo
SUÉCIA: Toivonen, aos 32 minutos do primeiro tempo

ALEMANHA: Neuer; Kimmich, Rudiger, Boateng e Hector (Brandt); Rudy (Gundogan), Kroos, Müller, Reus e Draxler (Gomez); Werner
Técnico: Joachim Löw

SUÉCIA: Olsen; Lustig, Lindelöf, Granqvist e Augustinsson; Claesson (Durmaz), Larsson, Ekdal e Forsberg; Berg (Thelin) e Toivonen (Guidetti)
Técnico: Jan Olof Andersson

Fonte: Gazeta Esportiva


Imprimir Versão para impressão         Enviar Enviar a alguém         Comentar Comentar
     Mais Notícias   
    20/10 18:53 - PF abre investigação para apurar disseminação de fake news
    20/10 13:33 - Policiais de São Paulo e Minas trocam tiros em Juiz de Fora
    20/10 11:23 - Simpatizantes de Bolsonaro e Haddad organizam atos
    20/10 11:17 - Temperatura na Serra catarinense chega a 0º C
    20/10 11:11 - GMJ evita roubo a supermercado na vila Hortolândia
    20/10 11:01 - Cinco veículos são recuperados pela Guarda Municipal
    20/10 04:49 - Operação em 6 estados e no DF investiga fundo previdenciário
    20/10 04:25 - Bolsonaro e filhos reagem às denúncias de fake news
    20/10 04:20 - Unifaccamp inaugura unidade em Cabreúva neste domingo (21)
    20/10 04:05 - Sindicato dos Metalúrgicos promove ‘Caminhada Rosa e Azul’
    20/10 03:58 - Superloteria vai dar R$ 3,7 bilhões a ganhador nos EUA
    20/10 03:49 - TSE autoriza investigação sobre envio de mensagens anti-PT
    20/10 03:35 - Confirmada a morte de jornalista Khashoggi em consulado
    20/10 03:20 - Inquérito indica participação do PCC no atentado a Bolsonaro
    19/10 19:14 - Dólar fecha a R$ 3,71 nesta sexta-feira(19)