Notícia - 20/07/17 (15:36:48) Eleição na Associação Comercial de Jundiaí segue tumultuada
FACESP pede impugnação da chapa do ex-presidente, Reges Donatti Filho

A FACESP - Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo se manifestou sobre o relatório de auditoria apresentado na tarde de quarta-feira(19), que apontou diversas irregularidades da gestão do ex-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Jundiaí, Reges Donatti Filho.

Um ofício foi encaminhado na quarta-feira, ao juiz da 4ª Vara Cível de Jundiaí, responsável pela intervenção na ACE, onde a federação afirma que agora há prova de irregularidades contra o ex-presidente, como pagamentos indevidos, aluguel de imóvel pertencente ao seu próprio pai, entre outros fatos que caracterizariam, segundo a FACESP, exercício ilegal do mandato eletivo, violando o estatuto social.

No documento, a entidade cita a chapa do irmão do ex-presidente, impugnada logo de início no processo eleitoral, como uma forma de simular e fraudar a lei, através de um feudo familiar e não pela pressuposição de uma plêiade de associados, de acordo com o estatuto social.

A FACESP encerra o ofício ao juiz de direito, pedindo a impugnação da chapa encabeçada pelo ex-presidente da ACE, Reges Donatti Filho, assim como a do seu irmão, com base nas conclusões do relatório de auditoria; além, do encaminhamento desse relatório ao Ministério Público para providências no âmbito penal, através de abertura de inquérito.

A auditoria apontou que houve falta de procedimentos adequados de acordo com o estatuto da associação e com as normas de governança corporativa, num montante total de mais de R$ 2 milhões e 300 mil reais.

As eleições para a nova diretoria e conselho deliberativo da Associação Comercial de Jundiaí está marcada para o próximo dia 26 de julho e até o presente momento, três chapas concorrem ao pleito: a chapa 1, de Reges Donatti Filho; a chapa 2, de Elton Monteiro e a chapa 4, de Roberto Resende.

Fonte: RÁDIO CIDADE JUNDIAÍ


Copyright © 2017 Rádio Cidade. Todos os direitos reservados.